©DHOAD2019

DHOAD

“DHOAD GYPSIES”
apresenta: “TIME OF THE MAHARAJAS”

A Era dos Marajás foi o tempo dos reis Bejewelled, reis de palácios opulentos que os encheu com o melhor da arte e uma rica tradição cultural, de forma que o Rajastão... esse pedaço ao noroesta da Índia, se tornou conhecido como a Terra dos Reis-Marajás.


Os músicos do “DHOAD GYPSIES” nos levam de volta a esses tempos, recriando as experiências dos espetáculos públicos da vida dos palácios daquele pedaço da Índia, o Rajastão.
São melodias antigas que foram herdadas pelo fundador e diretor musical do “DHOAD GYPSIES” , Rahis BHARTI, que ao longo de várias gerações, recebeu de seus antepassados - cortesões-músicos - que na presença de marajás, se apresentavam em nascimentos, casamentos e cerimônias religiosas ou apenas, para o entretenimento desses marajás.


As melodias mais conhecidas são:
Sona ra Button Banna que comemora o nascimento de um príncipe;
Já Dhanra Saheba ji comemora a chegada da festa de casamento, e Janwariyo (conhecida como Pavão Romântico) anuncia a vinda da estação chuvosa, sendo a chuva, um símbolo de riqueza e prosperida ou mesmo, essa música, ela também comemorar o retorno de alguém.


No espírito de seus antepassados - Rahis BHARTI - com o “DHOAD GYPSIES” homenageia os ricos, viajando dentro do Khan Saheb, uma tradição musical... de uma casta musical, com título dado pelos marajás
a esses músicos de sua corte, e isso foi uma verdadeira homenagem a essa população, chamada ROM que deixou Índia há mais de mil anos.

 


Rahis BHARTI - dos “DHOAD GYPSIES”, está mantendo viva esta tradição importante, trazendo-a para o público em todo o mundo, e inclusive, ganhou um prestigiado UNESCO - Prêmio de Embaixador
Cultural em 2019 para o Rajastão.
Rahis BHARTI  foi iniciado em uma idade bastante precoce para a música tradicional animada, e para a dança que se tornou o trabalho de sua vida e sua alegria. Ele tem sido o guardião dessa música tradicional,
autêntica, e da dança de Rajastão já por muitos anos.
Impulsionado por um legado de comemorações, e um fogo criativo, o trabalho de - Rahis BHARTI - mantém o importante patrimônio vivo do Rajastão.
Rahis BHARTI e seus três irmãos mais novos,
- Teepu Khan, um grande e virtuoso Tabla (dança do ventre)...
dançarino e vocalista;
- Sanjay Khan, vocalista proeminente, e
- Amrat Hussain, um dançarino fenomenal de Tabla (dança do ventre).
Eles são o coração do “DHOAD GYPSIES”.
Eles, o “DHOAD GYPSIES”, são o produto de mais de sete gerações de talentos e músicos, tendo sido ensinado a eles, a música do Rajastão, que seu pai, Ustad Rafeek, e seu bisavô, Ustad Rasool Buxkhan, já executavam.
A música do Rajastão é respeitada por virtuosos em todo o mundo, por sua emoção e pela velocidade rítmica de incomparável complexidade.
“TIME OF THE MAHARAJÁS”, nome do espetáculo dos “ DHOAD GYPSIES”, é um vibrante sonho que ativa todos os sentidos, e transporta o público para o país dos Marajás, trazendo-os para um tempo, onde os antepassados desses músicos, tocavam para reis e rainhas.
“DHOAD GYPSIES”, do Rajastão, realizaram mais de 1200 concertos em mais de 100 países, encantando o público nos últimos dezessete anos.


Assim, “DHOAD GYPSIES” são conhecidos hoje como os “Embaixadores Culturais do Rajastão".
A performances incluem:
. Celebração do Jubileu de diamantes da Rainha Elizabeth II em Londres;
. Apresentação para o honorável Primeiro-Ministro da Índia, Narendra Modi;
. Apresentação para o Presidente da França, François Hollande;
. Festa de aniversário para o vocalista do Rolling Stones, Mick Jagger;
. O “DHOAD GYPSIES”, também teve trabalho em colaboração com a "Rainha dos ciganos: Esma Redžepova;
. Se apresentaram na Macedónia,
- Festival Romano Drom-Hungria,
. Com a Orquestra di Piazza Vittorio-Itália,
. Se apresentaram, também para o Cheique SEDI Bémol-Argélia, E para Mathieu Chedid – França,
. Com Warsaw Village Band – Polónia,
. Tem participação no LP Estrela pop rock dos EUA.
. Carmin Belgodere-Córsega, Assim, “DHOAD GYPSIES” tem se apresentado em festivais, como:
. Festival de Sziget-Hungria,
. Festival Reino Unido de WOMAD,
. Festival da Arte de Hong Kong,
. Festival de Paleo na Suíca,

- 4 -

. Se apresentou na Fórmula 1 de Singapura,
. Nos Jogos Olympicos de 2004, na Grécia
. Na capital da cultura Bahrain,
. No dia nacional de Dubai, Assim como:
. National Radio & Cross Culture Festival da Polônia,
. Junto com a Philharmonic Concert Hall of Koln-Alemanha,
. No Festival Notte della Taranta diante de 200 mil pessoas na Itália em 2018,
. Festival Romafest no Japão em 26 cidades, sendo em Tóquio, Kobi, Osaka, Kyoto, etc,
. Já se apresentaram em 35 cidades nos Estados Unidos da América,
. No World Music Festival, de Chicago,
. Harris, Centro Folsom, Califórnia,
. Theatre Fox Tuscon, Texas,
. McCain Auditorium, em Manhattan,
. Kansas-City , e em
. Vancouver Symphony Hall, Canadá,
. Sunfest Ontario, Londres,
. Nos 50 anos de Independência da Argélia,
. World Music Festival-Batumi-Geórgia,
. Festival de la Pitic, México,
. Créole World Music Festival,Guadalupe,

- 5 -

. Nuit des Fouviere, Lyon-França,
. Festival Bout du Monde, Crozon, França,
. Elysée e Montmartre, Paris,
. Parc de la Villette, Paris,
. Festival Todos os Santos, Lisboa-Portugal,
. Festival Mewazine-Marrocos, Meknes e Casablanca,
. Amsterdam Roots Festival-Holanda,
. Floriada, Centro de Gandhi, Festival dos Pirineus Sul, Espanha,
. Festival de Trondheim, Festival do Fiorde-Noruega,
. Concerto de Bruxelas, Bélgica,
. Urkult Festival, Suécia, e no
. Soi – Finlândia, entre outros. 
Seus Prêmios incluem:
2016: o prêmio Fryderyk (equivalente Grammy Polonês) em 2016.
2018: Rajasthan Gouvrav (Pride of Rajasthan) – para Rahis BHARTI
2019: Prêmio da UNESCO para Embaixador Cultural de Rajastão,
concedido para - Rahis BHARTI - em 21 de fevereiro de 2018, em

Tóquio, Japão.